Pesquisar este blog

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Senhora dos Ventos



Ela vem de Aruanda
Da boca da mata,
Ela vem do Oriente,
Caminhos da mãe Africa,
A linda Baiana,
Vem toda de branco, turbante de morim,
Vestida de seda, chinela de couro ela é assim,
Menina que dança, que brilha na roda,
Gira brincando, sorrindo e cantando,
Ela vem trazendo esperança, trazendo alegria
Fazendo justiça, de noite de dia,
Menina espalha o canto do fogo,
O brilho dos raios, do vento de Oyá,
Espada de luz a rasgar, o céu e a noite clarear,
Oh bela Oyá, oh  bela Oyá, Eparrei minha mãe,
Tua filha não deixa tombar,
Oh bela Oyá, oh bela Oyá, Eparrey minha mãe,
Tua justiça cantar,
Ela vem de Aruanda, de mãe Africa vem cá,
Minha bela Oyá, minha bela Oyá,.

Ana Elizabete Barbosa.

2 comentários :

  1. Eparrey minha mãe.bela Oyá,ela é dona do mundo,bela Oyá ,Iansã venceu guerras...........LINDOOOOOOOOO.

    ResponderExcluir

Tudo que tiver a dizer é importante...